quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Medo e revolta


Depois de um longo recesso, gostaria de ter voltado de uma outra forma. Mas não pude ficar quieta depois de saber o que aconteceu com a Elise(Salada).
Me senti tão abandonada e vulnerável, que fiquei realmente me sentindo mal.
Por vários motivos :
  • nojo de gente que rouba;
  • ódio de pensar que ralamos tanto para ter tudo que temos e vem uns covardes assim e levam...;
  • pensar que pode acontecer a qualquer momento;
  • pensar que meu filho está exposto a esse tipo de violência;
  • medo de reagir e morrer;
  • medo de minha família sofrer;
  • medo de alguém que gostamos sofra também;
Fiquei tão apavorada,que fui conferir as portas(será que faz diferença?).Quando essas "pessoas" querem não há barreiras nem limites.
Temos que por as" barbas de molho", afinal, infelizmente,a violência é um problema nacional.

Que pena...

4 comentários:

Andréa Ramos disse...

Saudade de vc.
Fujona.
Volte por favor,com a corda toda.
Beijão enorme

Renata disse...

quanto tempo, menina!
E dá uma raiva mesmo, né? Uma sensação de impotência!!!
beijoca

Tarciane disse...

Ah saudadona de vc.
Infelismente as pessoas hoje em dia estão perdendo a noção de tudo,ísso é falta de Deus no coração.
As pessoas hoje em dia nao temem nem a Deus mais, acham que podem tudo e saem por ai cometendo todo tipo de barbaridade que a gente vê e ouve falar.
Tbm tenho andando meio apavorada e com medo de tudo.

Ice Ice Baby disse...

pois é...a gente se sente um cocôzinho mesmo né?!

horrível a realidade q nos cerca...